20.9.22

Um leitor muito criativo!

Pessoal, olha que bacana! O Rafael Amado leu o livro Oreosvaldo, o Pássaro das Sombras (Editora Lê) e gravou um vídeo sensacional interpretando com bonecos um trecho das aventuras do blogueiro poeta misterioso.

Obrigado, Rafael, pelo carinho! Fiquei muito surpreso e feliz! Quanto talento! Parabéns! E os fantoches dos personagens estão incríveis. O ilustrador Maurizio Manzo também viu e amou, sabia?

Receba nosso abraço de gratidão! Muita vida, saúde e alegria pra você e toda a sua família, querido Rafa!

Pedro Antônio de Oliveira

10.9.22

Acenda e deixe brilhar


Quem tem luz...
que ilumine!
Quem tem amor...
que ame!

Tudo muda agora
com você.

Pedro Antônio de Oliveira

7.9.22

Aforismos do mano Barros

 

Tudo que não invento é falso.
Tem mais presença em mim o que me falta.
Não saio de dentro de mim nem pra pescar.
Do lugar onde estou, já fui embora.

Manoel de Barros

Fui jovem, com a sede de todos...

 

Vim, como todo mundo,
do quarto escuro da infância,
mundo de coisas e ânsias indecifráveis,
de só desejo e repulsa.
Cresci com a pressa de sempre.

(...)

Vi tudo que vi, entendi como pude.
Depois, como de direito,
endureci. Agora minha boca
não arde tanto de sede.
As minhas mãos é que coçam -
vontade de destilar
depressa, antes que esfrie,
esse caldo morno da vida.

Paulo Henriques Britto

A chuva, uma história

 

A chuva conta uma história
nas telhas, no chão de ardósia.

Fala do açude onde sonha
esse reflexo risonho.
(...)

A chuva conta este conto
que é como um sonho em que sonha
esse menino, que se ergue
de sobre a luz do reflexo.
(...)

e o envolve, e o guia, cálida
entre as ruínas da tarde.

Ruy Espinheira Filho